ACORDES FINAIS 2016

No dia 09 de dezembro, a Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), por meio da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis (PROCEA), realizará o Acordes Finais. O evento acontecerá no Mercado Cultural, a partir das 19h, e é aberto ao público em geral.

O evento cultural Acordes Finais resulta da necessidade de se propiciar eventos de cultura e arte à comunidade acadêmica da UNIR e população porto-velhense ao término dos anos letivos. A ideia é aproveitar o momento natalino para devolver, via eventos artísticos (apresentação de cantatas, shows regionais, etc), a credibilidade que a Unir goza junto à população de Porto Velho, municiado-a com informações atualizadas do que se faz em arte dentro e fora da academia.

Este evento visa fomentar a aproximação da arte local com a universidade e a sociedade em geral, a fim de que a aproximação anunciada ajude a fortificar as ações artística e culturais da UNIR e dê o start para que a participação cultural da academia aconteça com mais visibilidade. Venha participar!

Programação

Laura Christo

Banda 3DNós

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

COMUNICADO – RETIRADA DE CERTIFICADOS – AS MULHERES DE ALUÁ

Coordenadoria de Cultura/DEC/PROCEA informa:

Os certificados do Espetáculo “As Mulheres de Aluá”, estão disponíveis para retirada na Secretaria da PROCEA/UNIR.

Confiram os nomes abaixo.

ALEXANDRE FALCÃO DE ARAÚJO
SILVIA REGINA
MÁRCIO ALEXANDRE MERINO DOS ANJOS
ZAINE MARIA DINIZ LIMA
AMANARA BRANDÃO DOS SANTOS LUBE
FRANCISCO SANTOS LIMA
AGRAEL DE JESUS PEREIRA
FLAVIA ALESSA DINIZ GALVÃO
EDMAR JOSÉ MONTEIRO LEITE

Atenciosamente,

Coordenadoria de Cultura.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

COMUNICADO – RETIRADA DE CERTIFICADOS – EVENTO MATINÊS

Coordenadoria de Cultura/DEC/PROCEA informa:

Os certificados do evento “Matinês”, realizado em agosto de 2014, estão disponíveis para retirada na Secretaria da PROCEA/UNIR.

Confiram os nomes abaixo.

Luís S. R. da Silva
Maria da Silva Gomes
Luana Aparecida O. do Nascimento
Marcelo Ladislau Costa
Bruna Renata de Brito Dantas
Vilma Pereira de Lima Silva
Tuane Caroline M. da Silva
Maria da Silva Gomes
Elis da Silva Oliveira
Gianluca Antônio de Oliveira Pessoa

Atenciosamente,

Coordenadoria de Cultura.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

COMUNICADO – RETIRADA DE CERTIFICADOS – EVENTO: MACONHA UM DEBATE NECESSÁRIO

Coordenadoria de Cultura/DEC/PROCEA informa:

Os certificados do evento “Maconha – Um debate necessário”, estão disponíveis para retirada na Secretaria da PROCEA/UNIR. Confiram os nomes abaixo.

ALEXANDRE FALCÃO DE ARAÚJO
PAULO ROGÉRIO DE MORAES
MARCIO ALEXANDRE MERINO DOS ANJOS
AGNES BORGES DE MENDONÇA
BRUNA SUYANE FERNANDES VILELA
ESTHELA BIANCHINI HIPOLITO DA SILVA
NATASHA SOUZA MATOS
REBECA VIANA DE QUEIROZ
AKAUÃ P. FERRARI
ALAWI ALIOTI LIMA
ALESSANDRA DA SILVA BASTOS
ANA PAULA M. RODRIGUES
ANDRE LUIZ FERNANDES PIRES
ARIEL ALVES GOMES
ÁVILA CRISTINA DE LIMA MATIAS
BEATRIZ JOHNSON AVELINO
BEATRIZ SOARES MAIA
BELEN CAMILA R. ROSALES
BRUNA S. F.VILELA
CAMILA CRISTIANE MIRANDA LACERDA
CARLOS FERNANDO ATENCIA VEIGA
DANILO DE SOUZA RODRIGUES DO NASCIMENTO
EDVALDO SILVA SANTOS
ELISABETE REGINA M. N. DE LIMA
ELMAR ROQUE B. C. BARROS
EMERSON RANGEL LOPES MORAES
ESTHELA BIANCHINI HIPÓLITO DA SILVA
FELIPE TORRES VELOZO
FILIPE EDUARDO DE CASTRO RUSSO
HELENA KARLA GOMES DO CARMO
ISABELA ALENCAR CASTIEL BARBOSA
ISADORA DO CARMO FREIRE DA SILVA
JANAINA DE MACÊDO BESERRA
JEOVÁ LIMA D´ÁVILA JUNIOR
JEOVANA JULLY RODRIGUES TELES
JESSÉ ELIAS VIEIRA CAMPOS
JOSÉ OLIVEIRA GOMES
JULIANE CAMPOS FRANCO
LI YARA BATISTA ARAGÃO
LARA ESTEVES FERNANDES
LUIZ GONZAGA PEREIRA DE OLIVEIRA
MARCOS CEZAR PEREIRA RAMOS
MARCUS VINICIUS DO NASCIMENTO MATOS
MARCUS ZORZIMO FERREIRA MOREIRA
MARIA LUÍSA GOVEA DE LIMA FERREIRA
MARICLEIDE MELO CABRAL RAMOS
MÁRIO SILVA DOS SANTOS
MATEUS AVELAR CANTANHÊDE
MATEUS FEITOZA EVANGELISTA
MATHEUS MENDONÇA DE VASCONCELOS
MICHELE FRANÇA DE SOUZA
NATHANAEL MONTEIRO FREIRE
PAULO VITOR ALVES DE FREITAS
RAYLAN FELIPE MACEDO SETÚBAL
REBECA PEDREIRA SENA
RICHARD MENEZES CAMPOS
ROBERTA TAIANE DOS S. ARAÚJO
ROMÁRIO ALVES DA SILVA
TAUANA CRISTINA SANTANA
VICTOR JUSTINO CAVASSANA
WALQUÍRIA DO PRADO N. DE LIMA

 

Atenciosamente,

Coordenadoria de Cultura.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

PROCEA disponibiliza auxílio alimentação, referente ao mês de dezembro, para o campus de Porto Velho

A Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis informa aos discentes contemplados com o Auxílio Alimentação do campus de Porto Velho, que poderão se dirigir, portando documento de identificação oficial com foto, à PROCEA, no período de 02 a 16/12, em horário comercial, para assinatura do recebimento do auxílio, referente ao mês dezembro/2016.

Lembramos que as assinaturas são mensais e o não comparecimento no local e dentro do período previsto, poderá acarretar na perda do benefício.

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , | Comentários desativados

I Fórum de Ingresso e Permanência de Estudantes Indígenas na UNIR

O I Fórum de Ingresso e Permanência de Estudantes Indígenas na Unir será no dia 30 de novembro de 2016, a partir das 8:30h no Auditório Paulo Freire, no campus da Universidade Federal de Rondônia, em Porto Velho.

A pretensão do Fórum é desenvolver um diálogo inicial entre universidade, estudantes e lideranças indígenas e instituições de apoio aos povos indígenas, com o fim de possibilitar o debate, divulgação e proposições no que se refere ao ingresso e permanência de estudantes indígenas na Universidade Federal de Rondônia.

Pela manhã, a conferência de abertura será proferida pelo Prof. Dr. Gersem José Luciano Baniwa (UFAM), que tem se debruçado sobre a questão das ações afirmativas para os povos indígenas na universidade. Após a conferência, iniciarão as mesas, que prosseguirão no período da tarde, e serão compostas, principalmente, por estudantes indígenas e lideranças, que apresentarão relatos e demandas relativas ao ingresso no permanência nos cursos da universidade.

O evento prevê a redação de um documento final com as proposições de política de acesso e permanência aos indígenas no ensino superior e a formação de uma Comissão de Estudantes Indígenas para acompanhamento da Política de Ingresso e Permanência de estudantes indígenas na UNIR.

Este Fórum foi proposto no diálogo com a liderança indígena Heliton Gavião, a Reitoria e entidades de apoio aos indígenas. Sob a forma de projeto de extensão das professoras Arneide Bandeira Cemin, Daniele Severo,  Gicele Sucupira e  o coletivo de estudantes indígenas do campus UNIR- Porto Velho, o evento conta com o apoio da PROCEA.

Mais informações sobre o Fórum estão disponíveis em: www.feindigena.unir.br

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , | Comentários desativados

PROCEA prorroga prazo para assinatura do auxílio alimentação, campus de Porto Velho, até 30 de novembro

A Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis (PROCEA) prorroga o prazo para assinatura do auxílio alimentação, campus de Porto Velho, excepcionalmente no mês de novembro, até o dia 30/11, em horário comercial.

Lembramos que o aluno deverá comparecer à sala da PROCEA apresentando documento de identificação com foto.

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , | Comentários desativados

Projeto Depois do Palco recebe a banda Tuer Lapin

 

A banda Tuer Lapin se apresenta na Universidade Federal de Rondônia (UNIR), no dia 24 de novembro, quinta-feira, às 17h, no Casarão, no campus José Ribeiro Filho, em Porto Velho.

Esta apresentação integra a programação do Projeto “Depois do Palco”, promovido pela Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis (PROCEA), com objetivo de difundir a produção artística local junto à comunidade universitária, trazendo, como diferencial, a interação dos artistas e produtores culturais com o público, através de um diálogo intermediado por pessoas ligadas às respectivas áreas.

RELEASE Tuer Lapin é um projeto/banda de música instrumental inaugurado em meados de 2013 com o lançamento do álbum “Esporádico”, no qual foi apresentado um trabalho rítmico incomum tendo como matéria-prima a utilização de samples e sintetizadores digitais, aproximando conceitos da música eletrônica com o rock e outras vertentes da música experimental. Como banda, teve sua primeira apresentação em junho de 2014. Apresentou-se em São Paulo em duas ocasiões em novembro do mesmo ano, viagem essa que rendeu um álbum-filme, gravado ao vivo, sob o título de “Chac”, lançado em dezembro de 2015 no Palácio da Memória Rondoniense em Porto Velho-RO. No ano de 2015 também apresentou o inédito cineconcerto do filme ‘A Última Gargalhada’ (F.W. Murnau), com trilha sonora composta pela banda. Atualmente encontra-se em processo de produção de seu novo material – a trilha sonora do filme de Michele Saraiva e Francis Madson, “Banho de Cavalo”. O repertório deste show na UNIR Campus abarcará todas as fases da banda, desde o primeiro álbum até a trilha recém composta. Cinco músicos formam a Tuer Lapin: Lucas Biêni (guitarra/sintetizador), Ramon Alves (contrabaixo/notebook), Raony Ferreira (guitarra/sintetizador), Rinaldo Santos (guitarra/sintetizador) e Rodolfo Bártolo (bateria/percussão/teclado).

“Parece-me que parte da graça de sua música, aliás, está justamente no lapso entre a convencionalidade de uma música dançante e a sonoridade inusitada dos sintetizadores e dos riffs não tonais” – Revista Linda (http://bit.ly/1w68BhB)

“Foi aquele vento de frescor que entra no quarto com cheiro de mofo, finalmente alguém tinha pesado a mão.” – Arian Carvalho (guitarrista)

Links:

www.soundcloud.com/tuerlapin

www.tuerlapin.bandcamp.com

www.facebook.com/tuerlapin

Vídeos:

https://vimeo.com/113650481

https://vimeo.com/113569169
https://www.youtube.com/watch?v=YE-T6Er1ihY

Contatos:

tuerlapin@gmail.com

(69) 98128-8282

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Curso Realização Audiovisual – Montagem

A Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis (PROCEA), por meio de sua Diretoria de Cultura e Extensão, torna publica a inscrição para o Curso Realização Audiovisual – Montagem que acontecerá de 28 de novembro a 02 de dezembro de 2016 com o ministrante Leonardo Sette.

O curso é uma realização da Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte da Fundação Joaquim Nabuco, através do Centro Audiovisual Norte-Nordeste – CANNE.

Com parceria da Universidade Federal de Rondônia, através da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis (PROCEA).

O objetivo do curso é Abordar de forma pontual o nascimento do cinema, da montagem (também na TV e na internet) permitindo em seguida maior foco na prática de montagem contemporânea, com análise de obras reconhecidas e situações reais de montagem em curta e longa-metragem, métodos de trabalho e questões técnicas envolvidas.

Instrutor: Leonardo Sette

Currículo resumido: Leonardo Sette ministrou mais de 20 oficinas de vídeo para jovens indígenas em diferentes regiões da Amazônia e em Olinda (PE) pelo projeto Vídeo nas Aldeias. Através do projeto produziu e montou mais de 20 curtas metragens e 2 longas metragens de autoria indígena, exibidos e premiados em diversos festivais nacionais e internacionais. Ministrou oficina de cinema para jovens participantes do programa Pró Jovem, no Rio de Janeiro, em 2007 e de roteiro de documentário para jovens participantes das Oficinas Galpão, em Ibiraçu-ES, em 2010. Na França, realizou entrevistas e câmera para o longa-metragem “Crítico”, de Kleber Mendonça Filho, em Paris, 2006. Montou o documentário “L’Age d’Or du Cinéma Brésilien”, de Dominique Dreyffus, para o canal Ciné Cinéma Classic. Montou o documentário “L’Acte Inconnu”, de Raphael O’Byrne, para o canal de televisão francês ARTE. Criou núcleo audiovisual e realizou vídeos de temática ambiental para a Fundação France Libertés – Danielle Mitterand. De 2006 a 2011, colaborou com a Revista Cinética, como crítico, e em 2007 fez a cobertura do 60° Festival de Cannes como jornalista credenciado. Em 2010, contribuiu com textos críticos para os DVDs da Programadora Brasil. É codiretor do longa-metragem As Hiper Mulheres, exibido no festival de Rotterdam, entre outros eventos nacionais e internacionais. O seu curta Porcos Raivosos, em parceria com Isabel Penoni, participou da Quinzena dos Realizadores, em Cannes.

Carga horária: 40 horas.

Público-alvo: profissionais, professores e estudantes de comunicação, artes e audiovisual.

Vagas: 20.

Inscrições: 11 a 20 de novembro de 2016.

Período de realização do curso: 28 de novembro a 02 de dezembro de 2016.

Local:  Universidade Federal de Rondônia, Auditório da UAB, Campus José Ribeiro Filho, BR 364, Km 9,5, sentido Rio Branco, Porto Velho-RO, CEP: 76801-059.

Link do edital:

http://www.fundaj.gov.br/images/stories/canne/editais2016/edital_realaudiovisualmontagem_portovelho_2016.pdf

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Projeto Matinês – “Memórias narrativas de traços culturais afro-brasileiras”

Exibição de curtas-metragens das várias edições do Revelando os Brasis sobre as memórias e histórias dos afrodescendentes em diferentes regiões do país com a participação de graduandos como debatedores e monitores.

- Data: 16 e 17 de novembro de 2016.

- Local: Auditório Paulo Freire às 17:30 até 19:30.

1º dia: 16 de novembro de 2016

1º Curta-metragem: Mata… Céu… e Negros – SC

A história da presença dos negros na região de Antônio Carlos é contada por meio dos relatos dos afrodescendentes que vivem na localidade.

2º Engenho novo – MS

O engenho novo, dança característica da comunidade quilombola Furnas do Dionísio, assemelha-se ao movimento do engenho de cana, e seus versos lembram o trabalho com essa máquina e as conversas entre seus operadores. Os jovens da comunidade, juntamente com os mais antigos, estão tentando preservar essa tradição.

3º Ibiri: Tua Boca Fala Por Nós – RJ

O vídeo retrata a vida de seis irmãs descendentes de escravos e nascidas em Papicu, região de São Pedro da Aldeia, da qual Iguaba Grande fazia parte. Depois de serem expulsas de forma violenta de sua casa, elas se escondem na mata, até conseguirem um pedaço de terra. Marcadas pela injustiça sofrida, fecham-se em seu pequeno mundo, do qual saem apenas para vender o pouco que podem cultivar.

2º dia: 17 de novembro de 2016

1º Jardim de plástico – BA

Um garimpeiro velho de serra, após o fechamento dos garimpos em Lençóis (BA) pelo Governo do Estado, cria um garimpo artificial no quintal de casa como alternativa de preservação da memória histórica e cultural.

2º Talhado – PB

Em 1960, o processo de ocupação do sítio Talhado, iniciado pelo escravo José Bento, foi registrado pelo cineasta Linduarte Noronha no documentário “Aruanda”. Em 2004, Talhado e parte do Bairro São José foram reconhecidos como áreas remanescentes de quilombo. Esse reconhecimento produziu uma nova relação entre o povo, agora quilombola, e os habitantes das outras áreas da cidade. Não se trata mais do povo isolado em área distante, mas de uma população que interage e que marca culturalmente e socialmente a vida da cidade.

3º O massacre da Lagoa da Serra – BA

Vale do São Francisco, Oeste da Bahia, 1972. Os posseiros da Fazenda Lagoa da Serra sofriam pressão dos grileiros para abandonar suas terras. O conflito terminou com a queima de todos os casebres e a expulsão das famílias. O massacre nunca foi julgado.

Engenho novo

Jardim de plástico

Talhado

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados